Algumas Invenções Brasileiras


Isso é para você que acredita que o único brasileiro que criou alguma coisa foi Santos Dumont. Confira a seguir um lista de inventos significativos brasileiros:


Nem só de samba, caipirinha e bossa-nova vivem os inventores brasileiros. Da mente de nossos compatriotas já surgiu várias inovações científicas e muitas delas nem foram reconhecidas.   Algumas das invenções Made in Brazil ainda são injustiçadas.


Urna Eletrônica
Carlos Prudêncio, Carlos Moretzsohn e TSE
Usada oficialmente pelo TSE a partir das eleições de 1996 o sistema informatizou o processo eleitoral, eliminando fraudes e despertando interesse até do governo americano face aos problemas nas eleições presidenciais de 2000 entre Bush e Al Gore.
O primeiro terminal de votação por computador foi instalado em Brusque (SC), em caráter experimental, nas eleições de 1989. Quem o criou foi Carlos Prudêncio, que na época era juiz eleitoral no Estado. Com a ajuda do irmão, empresário da área de informática, ele fez um programa de computador. Nas eleições de 2000, todos os municípios brasileiros receberam cerca de 350 mil urnas. 

Cafezinho de Bolso
Uma xícara, um coador, sachê de açúcar, colherzinha para mexer, uma lixeira e uma dose com 6 gramas de café torrado e moído. Tudo isso é descartável, cabe num bolso e pode substituir aquele café morno da garrafa térmica. Os autores desse kit são Adílson Sanches e Luiz Fabichak começaram a fabricar o Drip Coffee em 1995. Para prepará-lo, só falta mesmo a água quente.

Cartão Telefônico
Feito de PVC e com um circuito elétrico ligado a pequenas superfícies metálicas, foi criado pelo engenheiro Nélson Guilherme Bardini em 1978, quando trabalhava na Telebrás. Mas ele só foi implementado oficialmente no Brasil em 1992.

Copo Americano
O típico copo de botequim foi inventado pelo designer Nadir Figueiredo em 1947. Existem cinco tipos de copo americano: dose, multiuso, long drink 300 ml, long drink 450 ml, e rocks. Em 1999, o multiuso foi eleito "O Melhor Copo para Cerveja". Dez anos depois, o Museu de Arte Moderna de Nova York passou a vendê-lo como produto típico do Brasil, por três dólares cada.

Coração Artificial
Criado em 2000 pelo engenheiro mecânico Aron de Andrade, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (SP), tem o tamanho de uma bola de tênis e é feito de poliuretano. É ligado ao coração natural e alimentado por um motor elétrico.

Escorredor de Arroz
A cirurgiã-dentista Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich criou o utensílio em 1959. Com a ajuda do marido, Beatriz montou um protótipo em papel de alumínio e apresentou a invenção ao dono da Trol S/A.

Muitas vezes a gente pensa que coisas simples do dia-a-dia surgiram há muito tempo, quem sabe na Antiguidade ou até na Pré-História… Não é o caso da bacia conjugada a uma peneira que a gente usa para lavar o arroz: a criação, 100% brasileira, é da dona-de-casa Beatriz de Andrade, que vendeu os direitos do aparelho para um fabricante de brinquedos.
O invento fez o maior sucesso na Feira de Utilidades Domésticas de 1962. Como Beatriz recebia entre 2,5% e 10% das vendas, o escorredor deu uma bela força a seu orçamento familiar.

Painel Eletrônico
Aquelas placas luminosas usadas nos jogos de futebol, durante as substituições, foi desenvolvido no Ceará por Carlos Eduardo Lamboglia, em 1996. No ano seguinte, ele patenteou e na Copa da França foi usada em todos os jogos.

Soro Antiofídico em Pó
Em 2000, foi desenvolvido pelo veterinário Rosalvo Guidolin. Diferente do líquido, que deve ser mantido entre 4ºC e 8ºC, este pode ser levado na mochila e tem validade maior.

Tênis Computadorizado
Joaquim Francisco de Souza Neto e Marcos Tadeu Resende de Araújo.
Tênis com microcomputador e que funciona pela pressão do peso do pé em uma placa localizada em uma abertura do solado e que faz com haja contato entre dois fios, ativando assim os pulsos para o processador calcule distância, a velocidade e o tempo de sua atividade física.
Lançado pela Alpagartas em 2001, chama-se Rainha Digital Personal Trainer.

Terço Eletrônico
Esse é para os fiéis não perderem a conta na hora das orações. Apresentado por Josué Corrêa de Lacerda em 2000, é um aparelhinho à pilha que contém um chip eletrônico. Por meio de botões, o fiel programa o texto das orações e conta cada reza feita.

Lacre de segurança de plástico
Uma idéia simples que revolucionou os sistemas de segurança em todo o mundo. O lacre de plástico foi criado há mais de 40 anos, pelo engenheiro Eduardo Lima, em Paraíba so Sul, no RJ. Uma peça que uma vez fechada, só pode ser aberta se for violada. Hoje a família tem uma fábrica que produz 15 milhões de lacres por mês e emprega 315 pessoas.

Apresenta a grande vantagem de substituir os lacres de chumbo, material que agride o meio ambiente, pelo plástico, que pode ser reciclado. O lacre de segurança é encontrado em medidores água, de energia, placas de automóveis, e até ogivas nucleares .

Detalhe: A empresa investe 2 milhões de reais por ano em pesquisa para o desenvolvimento de novos produtos. Idéias simples podem mudar o mundo, gerar empregos, revolucinar a vida de muitas pessoas. É preciso acreditar.

Cadeira de rodas que sobe escadas
Quem convive com pessoas deficientes sabe a luta que é quando surgem as escadas no meio do caminho. O mundo não foi feito para cadeiras de rodas. Felizmente, existem pessoas que se preocupam com este problema. Recentemente, um inventor brasileiro apresentou na Globo uma cadeira de rodas que é capaz de subir, descer e até parar no meio de uma escada. Existe também uma similar americana, porém no modelo americano a pessoa precisa da ajuda de um corrimão. Em outro post mostrei um cara que fez isso por conta dele, com uma cadeira normal. Na minha opinião, a do brasileiro é muito melhor, pricipalmente porque não são todos os usuários de cadeiras de rodas que têm mobilidade e/ou forças suficientes nos braços. No video ele comenta que há também um modelo italiano, mas o que eu achei na internet é muito tosco, não tem nem motor e a pessoa desce a escada "escorregando".
A cadeira brasileira ainda não está à venda, mas quem quiser falar com o Eng. Ary de Almeida Prado Júnior, que é o responsável pelo projeto é só telefonar para (41) 8404-3349.

Relógio de pulso        

Até o final do século XIX, os homens traziam seus patacões nas algibeiras ou suspensos em correntes nos bolsos dos coletes. Dizer as horas naquela época envolvia um breve mas impressionante ritual: retirar o relógio de seu compartimento, abrir a tampa e só aí anunciar as horas. Santos Dumont, quando se encontrava no ar, encontrou dificuldades de acompanhar o tempo (ele só podia ficar no ar por minutos). Então, portátil, só havia o relógio de bolso. Santos Dumont queria checar seu tempo de vôo em testes de velocidade mais rapidamente do que seria capaz com um relógio de bolso (ele chegou a improvisar um relógio de bolso amarrado ao pulso por um lenço). Santos-Dumont foi amigo de Louis Cartier e encomendou a ele um relógio mais fácil de usar do que o de bolso. Cartier criou em 1904 para Alberto Santos Dummont o relógio de pulso em formato quadrado - o modelo Tank, com pulseira de couro, que o relojoeiro denominou Santos e é reproduzido e vendido até hoje, com sucesso. O preço varia, conforme o modelo, entre US$ 1.600 e 2.500. Os suíços contestam que Cartier tenha sido o inventor do relógio de pulso, alegando que o criaram em 1790 . Santos Dumont inventou o relógio de pulso com a ajuda de uma velha conhecida dos brasileiros, a princesa Isabel. Quando a amiga lhe deu de presente uma medalha de São João Batista, amarrou-a no pulso, já que no pescoço poderia atrapalhá-lo durante os vôos. Aí teve o lampejo: era o lugar ideal para o relógio. Batizado de "modelo Santos", a novidade chegou ao mercado em 1911. "Infelizmente, aquele primeiro protótipo se perdeu, para o desespero da empresa Cartier".

Máquina de escrever
Começo hoje uma série de postagens para exaltar as invenções tupiniquins. Pouca gente sabe, mas muitas coisas que estão aí e que todo mundo pensa que sempre existiram tiveram que sair da cabeça de alguém um dia. E o Brasil contribuiu - e muito - para que estas idéias muitas vezes simples modificassem o nosso mundo. Muitas vezes estes inventores são injustiçados e relegados ao esquecimento. O complexo de vira-lata contribui para que o brasileiro não acredite em sua capacidade inovadora.
 Hoje começo com a máquina de escrever. A idéia original foi do Padre FRANCISCO JOÃO DE AZEVEDO - 1861.
 A invenção do padre Azevedo (ao lado) parecia com um piano de 24 teclas que imprimiam letras num papel - para mudar de linha, era preciso pisar em um pedal na parte de baixo do aparelho. Alegando estar velho e doente, o padre entregou seu invento ao negociante George Napoleon Yost, com a promessa de que havia pessoas interessadas em fabricá-lo nos Estados Unidos. Péssima idéia...
 Em 1874, o americano Christofer Sholes apresentou um modelo quase igual ao do padre Azevedo. A empresa Remington se interessou e passou a fabricar as máquinas, sem nem lembrar do brasileiro.

AVIÃO
SANTOS DUMONT  – 1906
Até que essa invenção não é assim tão injustiçada.. No ano passado, centenário dos primeiros vôos com o 14 Bis, Santos Dumont recebeu homenagens no Brasil e até na Europa. Mas, por causa dos americanos, a paternidade do avião ainda é polêmica. Segundo eles, os verdadeiros “pais” do invento seriam os irmãos Orville e Willbur Wright, que em 1903 voaram com o Flyer I.
Os Wright fizeram seu avião voar com a ajuda de uma catapulta. Dumont foi o pioneiro da decolagem “autônoma”: o 14 Bis subiu impulsionado por um motor a combustão.

DIRIGÍVEL SEMI-RÍGIDO
AUGUSTO SEVERO DE ALBUQUERQUE MARANHÃO - 1902
Trabalhando em Paris, esse brasileiro desenvolveu o projeto do primeiro dirigível “semi-rígido” – em vez de usar apenas tecido, parte da estrutura do invento tinha uma armação de metal para melhorar a sustentabilidade. Criatura e criador tiveram um fim trágico: no vôo inaugural, quando o dirigível estava a 400 metros de altura, uma explosão detonou o aeróstato e matou os dois tripulantes – Severo e seu mecânico.
Apesar de pouco conhecidas, as inovações estruturais do dirigível semi-rígido ajudaram a aperfeiçoar o zepelim, inventado em 1900.

ABREUGRAFIA
MANUEL DIAS DE ABREU - 1936
Esse nome complicado indica um método rápido e barato de tirar pequenas chapas radiográficas dos pulmões, para facilitar o diagnóstico da tuberculose, doença mortal no início do século 20. O teste, que registra a imagem do tórax numa tela de Raio X, espalhou-se pelo mundo.
O inventor do exame, Manuel de Abreu, foi indicado ao Nobel em 1950 e teve o invento batizado em sua homenagem. Mas só no Brasil: em outros países, o exame recebeu nomes como “schermografia” (Itália), “roentgenfotografia” (Alemanha) e “fotofluorografia” (França).

BALÃO A AR QUENTE
BARTOLOMEU DE GUSMÃO - 1709
Na frente do rei de Portugal D. João VI, o padre Bartolomeu de Gusmão fez a primeira demonstração pública da Passarola, um engenho voador que levitou a 4 metros de altura. A idéia surgiu quando o religioso observou uma bolha de sabão e sacou que o ar quente
é mais leve que o ar exterior, e pode ser usado para fazer coisas vagar pelo ar.
O balão foi visto com graça, mas ninguém botou fé na invenção. Em 1783, os franceses Étienne e Joseph Montgolfier criaram um balão nos mesmos moldes
do Passarola. Entraram para a história como pioneiros…

RADIOTRANSMISSÃO
ROBERTO LANDELL DE MOURA – 1899
Padre brasileiro, Landell foi o precursor na transferência de voz por ondas de rádio. Da avenida Paulista, o cara emitiu um som (“Alô! Alô!”) que foi ouvido a 8 quilômetros de distância num telefone sem fio. No mesmo ano, o italiano Guglielmo Marconi, mundialmente considerado o pioneiro da radiotransmissão, só conseguiu transmitir sinais telegráficos (aquele “tec-tec-tec”) a algumas centenas de metros.
O nome de Landell só foi conhecido no mundo em 1942, quando a Justiça americana decidiu que Marconi (que leva  a fama até hoje) não era o inventor da radiotransmissão, pois um ano antes de Marconi, Landell realizava em plena avenida Paulista uma demonstração pública. 

IDENTIFICADOR DE CHAMADAS (BINA)
NÉLIO NICOLAI  - 1982
O mineiro Nélio Nicolai foi o inventor da tecnologia capaz de identificar o número telefônico de quem faz e recebe ligações. Ele tem a patente da criação, batizada de Bina – sigla que significa “B Identifica Número de A”. Mesmo assim, ele vem travando uma briga na Justiça do Brasil e de vários países para provar que o invento é seu.
Ele alega que as operadoras e fabricantes de telefones copiaram na caradura a tecnologia que ele inventou, sem pagar nem um tostão de direitos autorais.

DIRIGÍVEL
JULIO CEZAR RIBEIRO DE SOUZA - 1880
O paraense Julio Cezar mandou bem unindo o balonismo e a aviação para conceber o primeiro dirigível de todos os tempos. Mas o problema é que ele demorou para dar asas à novidade… Em 1884, o cara recebeu a notícia de que os franceses Charles Renard e Arthur Krebs haviam plagiado o seu projeto e realizado pela primeira vez na história um vôo a bordo de um balão dirigível. E o pior: sem fazer qualquer referência às teorias do inventor brasileiro!
Apesar de ter patenteado sua invenção em 1881, Julio Cezar nunca conseguiu voar com seu invento. Foram algumas tentativas frustradas e só.

FOTOGRAFIA
HERCULES FLORENCE  – 1832
Nascido na França e radicado na atual Campinas (SP), esse franco-brasileiro foi quem primeiro descobriu uma forma de gravar imagens com o uso da luz. Ele bolou um método para imprimir fotos usando papel sensibilizado com nitrato de prata – princípio fotográfico usado até hoje em revelações. Nascia a photografie.
Três anos depois, o processo de revelação fotoquímica ganhava notoriedade na França com as pesquisas de Louis Daguerre e Joseph Niépce. Ao saber que os franceses estavam sendo considerados os pais da fotografia, Florence abandonou as pesquisas.

Reconhecimento de Voz
Roberto Amilton Bernardes Sória (EverSystems)
Para os computadores reconhecerem uma voz, o pesquisador Roberto Sória utilizou uma rede neural binária chamada LearnMatrix, criada em 1958 e que estava praticamente esquecida pela maioria dos pesquisadores, substituída por outras, como a Multi Layer Perceptron (MLP).
  
Sistema de Inspeção Visual
José Rizzo Hahn Filho (Pollux)
Um dos principais diferenciais competitivos da Pollux é a tecnologia desenvolvida pela própria empresa. O foco da Pollux é a utilização da tecnologia de inspeção visual automática para atender as necessidades encontradas no ambiente industrial, independente do ramo. A partir das imagens processadas o sistema automaticamente toma decisões e controla processos de fabricação ou outros equipamentos envolvidos. Na indústria farmacêutica, por exemplo, o sistema da Pollux evita que um medicamento com rótulo trocado, com data de validade errada ou inexistente chegue às mãos do consumidor.
  
Novo Motor para Elevador
(Weg Motores)
A pedido da Atlas Elevadores, a WEG projectou um motor capaz de eliminar o redutor mecânico (espécie de caixa de câmbio que ocupa espaço e aumenta ruídos na máquina dos elevadores).Em parceria com o cliente, a WEG desenvolveu um motor que pode ser acoplado diretamente ao guincho do elevador que, graças ao uso de ímãs de terras raras, mantém o torque mesmo em baixas rotações.O protótipo funcionou muito bem e o produto tem boas perspectivas de sucesso comercial.
  
Mini-Placa “Matrix” para computadores
Joel Marcos de Souza (União Digital)
Criado em Mato Grosso do Sul e sem similar no mundo, um dispositivo chamado Matrix promete prolongar a vida útil dos computadores e reduzir sensivelmente os gastos com a manutenção das máquinas. Trata-se de uma espécie de mini-placa que evita o superaquecimento do computador e a conseqüente perda do processador - a maior causa de prejuízos para o usuário.

Isolador para linhas telegráficas
Guilherme Schuch (Barão de Capanema)
A invenção, feita por Capanema em fins do século XIX, de um novo isolador para as linhas telegráficas terrestres. Devido às condições ambientais nos trópicos (calor e alta umidade) a deterioração rápida dos isoladores era um problema grave. Isto levou Capanema a inventar um novo tipo, todo feito de vidro, porcelana, ebonite etc, mas que não usava peças metálicas. Essa invenção recebeu a patente número 4171, em 1873, no Reino Unido. Este isolador foi usado no Brasil e temos a informação de Capanema (que precisa ser confirmada) de que teria sido usado também na grande linha telegráfica da Índia.
  
CD 4 em 1
Intersoft
Uma empresa nacional, a Intersoft, investiu R$ 10 milhões de 2000 a 2003 para desenvolver, em silêncio, uma tecnologia que promete fazer muito barulho no mercado fonográfico e audiovisual: o Sistema de 4 Dimensões, o S4D ou quatro em um. Produto que reúne música e vídeo num único CD, que pode ser usado em karaokê.

Sistemas contra cópias de CDs
Ralf Richardson da Silva ·Ralf solicitaram uma patente de novo conceito de metalização de CDs. O sistema é simples: cada fabricante de CD injeta os dados de uma maneira; Ralf inventou uma forma alternativa de fracionar a informação no material, uma forma que permite a mesma reprodução, e além de tudo - garante - inviabiliza a cópia.

Anilha rotativa em ténis
Rainha System 3000· (Alpargatas)
O Rainha System 3000 tem ainda maior amortecimento, resistência e durabilidade, devido ao aumento de sua anilha rotativa de EVA, ao material EngageR, e às solas emborrachadas. O grande diferencial do Rainha System 3000 é que ele é o primeiro no Brasil a ter uma chave reguladora que possibilitará ao consumidor adaptar a anilha do calçado de acordo com o seu tipo de pé e pisada.

Walkman
Andreas Pavel
O teuto brasileiro Andreas Pavel passou 27 anos tentando provar ao mundo que tinha inventado o walkman. Em 2004 ganhou sua batalha quixotesca contra a multinacional japonesa. Pavel acaba de assinar um acordo com a Sony que, segundo estimativas do mercado, pode chegar a US$ 10 milhões. Pouca gente imagina que o walkman, uma das bugigangas eletrônicas mais vendidas da História, foi uma invenção brasileira. Foi em 1972, em uma casa modernista perto do Bosque do Morumbi, que nasce o aparelhinho.

Controle remoto de transmissor de TV
Olavo Bastos Freire
Conforme o que Seu Olavo contou para os colegas da TV Paranaense, ele havia construído uma câmera em 1945, cinco anos antes da TV Tupi entrar no ar...Isso porque a TV Tupi foi a primeira da América Latina! Quando Seu Olavo saiu de Juiz de Fora foi para o Sul, onde conheceu os profissionais da Rádio Paranaense e depois para a TV Paranaense. "Doutor Olavo" como os outros o chamavam na Paranaense era um técnico, que instalou todo o equipamento de estúdio e até os transmissores da emissora. Este inventor chegou a ficar um mês inteiro fazendo uma um aparelhinho para ligar o transmissor da TV. Poderia ser considerado o primeiro "controle-remoto" do mundo ou talvez o primeiro e único controle-remoto de ligar um transmissor de televisão.

Câmera Inteligente
Henrique Malvar (Microsoft)
A idéia que mudou a vida do carioca Henrique Malvar foi criar, há alguns anos, uma câmera para transmissão de videoconferências em que a objetiva se dirigia automaticamente ao lugar de onde vinha a fala. Reluzindo em seu currículo, a proeza ajudou a despertar o interesse da empresa de Bill Gates.
  
Semáforo de LEDs
Luiz Fernando Bettio Galli (DirectLight Indústria e Comércio de Produtos Eletroluminescentes Ltda)
O Brasil possui atualmente cerca de 80.000 semáforos, sendo que mais da metade utiliza lâmpadas incandescentes. Além de serem pouco eficientes, essas lâmpadas acabam tornando-se um problema ambiental ao serem descartadas. Junto a isto está o problema de não atuarem em caso de descontinuidade do fornecimento de energia. Grandes centros sofrem esse problema. O projeto propõe um semáforo plano 'híbrido', que pode ser alimentado tanto pela rede elétrica convencional, quanto por energia solar. Isso tornou- se possível pela escolha e utilização de diodos emissores de luz (LEDs) de alta potência, eficiência energética. Esses LEDs possuem vida útil de 50.000 horas (com 70% de eficiência), enquanto as lâmpadas incandescentes duram apenas 4.000 horas. O custo de manutenção e o transtorno quando da queima de uma lâmpada também não podem ser desprezados, uma vez que, o tempo médio de troca de lâmpadas é de 15 horas (desde o comunicado à central até sua troca). Para a alimentação solar (principal), serão utilizadas células fotovoltáicas capazes de alimentar os semáforos, tornando-os extremamente econômicos.

Control Dial
João Ruth
Controlador de Dial é o nome do aparelho desenvolvido para medição de audiência em auto-rádios, em tempo real, que vem preencher a lacuna da falta de dados nessa área, segmento importante dada a grande frota de veículos nos principais centros urbanos. O sistema foi desenvolvido pelo radialista e pesquisador paulistano João Ruth, processa os dados e os envia à emissora com um software específico pela internet.
  
MegaRam MSX
Ademir Carchano (ACVS)
Em 1987 Ademir Carchano abriu uma empresa, a ACVS Eletrônica Ltda. para comercializar uma invenção sua, o Kit 2. (o MegaRAM para MSX) uma placa que ampliava a memória RAM do computador MSX de 64Kb para 256Kb. Ademir, instruído indevidamente para não solocitar patente de sua invenção por ser um produto de informática cuja proteção seria vetada pela então Lei de Reserva de Mercado de Informática, acabou assistindo sua placa ser copiada por vários concorrentes que lançavam o mesmo produto no mercado a preços cada vez mais baixos, o que levou a AVCS perder mercado.

Filtro Anti-Hacker
Ricardo Bonetti
Dispositivo introduzido nas linhas telefônicas, para garantir a segurança da informação digital contra acessos indevidos ou ataques inesperados aos computadores. O dispositivo não interfere na banda de voz e emite um leve sinal indicando que a linha telefônica está bloqueada para o tráfego de dados.

Contador de fluxo de pessoas
Paulo Sérgio Borges (Feixe Tecnologia)
O "Contador de Fluxo de Clientes - Sistema MP" visa o desenvolvimento de ferramentas gerenciais de alto desempenho, voltadas para a gestão empresarial, mediante a supervisão e o controle do fluxo de Pessoas/Clientes, dentro de qualquer tipo de ambiente, em tempo real. A Feixe Tecnologia é uma empresa brasileira, fundada na Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ.

Quadrinhos (Banda Desenhada)
Ângelo Agostini
Os norte-americanos disseminaram o mito de que é deles a criação dos quadrinhos, surgidos sob a camisola do Black Kid, de Richard Felton Outcault. Na realidade, contemporâneo aos demais ou até mesmo atuando alguns anos antes deles, se formos mais precisos, já estava no Brasil o caricaturista Ângelo Agostini, publicando nos jornais do Segundo Reinado, em linguagem gráfica, as aventuras de suas diversas personagens.

Sistema de Produção Flutuante de Petróleo e Gás
Petrobrás
O Procap-1000, iniciado em 1986, tinha como principal objetivo melhorar o grau de capacitação tecnológica da Petrobras na produção de petróleo e gás natural em lâminas d'água de até 1.000 metros, visando ao desenvolvimento dos campos de Albacora e Marlim. O sucesso obtido com o programa-piloto rendeu à Petrobras o reconhecimento internacional e a liderança mundial no desenvolvimento tecnológico da indústria offshore no período 1990-1991: concorrendo com outras 300 empresas do mundo inteiro, a companhia conquistou o prêmio Distinguished Award for Companies and Institutions, concedido pela Offshore Technology Conference (OTC) em 1992.
  
Diesel Ecológico
Alfredo Rafael Campi (Lello Ciências e Tecnologia Ltda)
Além da redução das emissões, uma grande vantagem do diesel ecológico, o AEP-102, além das reduções de emissões, é que os motores a diesel não precisam sequer ser regulados para rodar com o novo combustível.

Gasolina de óleo de peixe
Vinicyus Rodolfo Wiggers
Um novo combustível feito a partir do aproveitamento de resíduos gordurosos, como óleos usados em frituras e aqueles obtidos em abates de animais. Engenheiro químico pela FURB (Fundação Universidade Regional de Blumenau), com mestrado e doutorado, Vinicyus Rodolfo Wiggers, 31 ano, é o autor da ideia. Segundo o empresário, que acaba de criar, com outros três sócios, a empresa Craq Term Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico, a técnica consiste em submeter esses resíduos ao craqueamento térmico.

Desenho animado por computação gráfica
Clóvis Vieira
Concebido antes de Toy Story, o filme Cassiopéia só foi terminado em 1996 sendo precursor dos desenhos animados implementados inteiramente por computação gráfica.
  
E-mail Banking
Marco Aurelio Garib (EverSystems)
O engenheiro Marco Aurélio Garib largou, um promissor emprego na área de automação bancária e partiu para o até então inexplorado home-banking, ou serviço bancário pelo computador. Garib chegou a pedir dinheiro emprestado ao sogro para o parto da primeira filha. A volta por cima começou em 1991, quando ele criou para o Unibanco um sistema de home-banking seguro. Em três meses, o sistema conquistara mais de dez mil clientes. Hoje sua empresa, a EverSystems detém 80% do mercado de home-banking na América Latina e seu valor de mercado atinge R$ 1 bilhão.

Pele Artificial
Luis Fernando Xavier Farah
A Película de celulose utilizada como pele artificial foi inventada por Luis Farah a partir de um produto usado inicialmente em apicultura. Comercializado pela Bio Fill de Curitiba, Luís Farah recebeu em 1996 uma medalha de ouro da OMPI. Não podendo satisfazer a demanda de mercado a patente foi vendida para a multinacional italiana Carlo Erba por 2.5 milhões de dólares.

Aplicação de Laser em Medicina
Sérgio Porto (Univ. Campinas)
É considerado o pioneiro no uso do raio laser na espectroscopia Raman - técnica em que a frequência do laser é absorvida e reemitida numa frequência diferente, fornecendo valiosas informações sobre a estrutura do material em estudo. A técnica é especialmente útil na medicina.
  
Telemedicina
Euclides de Moraes Barros (UFSC)
Um novo ambiente de software em rede, a 'Sala de Laudo Virtual', desenvolvido na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), dispensa a presença física dos médicos para a elaboração de diagnósticos. Sem perda de qualidade, o software permite a análise remota de ultrassonografias, radiologias convencionais, ressonâncias magnéticas e outros exames.

Máquina de Bioeletrografia
Landell de Moura
Reconhecido por especialistas como o russo Konstantin Korotkov, o chamado efeito Kirlian, foi detectado pela primeira vez pelo padre gaúcho Landell de Moura. Estudos posteriores, entretanto, feitos por Tiller e Boyers, mostraram que as ditas fotografias de "auras" ou "perispíritos" são na verdade um fenômeno muito familiar aos físicos: o efeito Corona, sem qualquer correlação com estados patológicos da pessoa.
  
Futvôlei
Otávio Moraes
O futevolei foi criado em 1965, pelo arquiteto e esportista Otávio Moraes, o Tatá, que para fugir da proibição policial de bater bola, pelada ou linha de passe na praia, resolveu jogar em uma quadra de volei, com rede e campo delimitado, o que era permitido. Alguns amigos acompanharam o Tatá nessa jogada e logo apareceram as primeiras regras do novo esporte. Uma delas dizia que para dar o saque o jogador deveria pegar a bola com a mão e chutá-la para o campo adversário. Isso depois sofreu várias alterações.
  
Biribol
Dario Miguel de Oliveira
Jogar vôlei já é uma delícia, agora imagina só jogar vôlei e tomar banho de piscina ao mesmo tempo! Pois o biribol é exatamente isso: uma partida de vôlei dentro da piscina! Esse esporte refrescante nasceu em uma cidade muito quente do Noroeste de São Paulo, chamada Birigüi! O idealizador do biribol foi o professor Dario Miguel de Oliveira, que criou esse esporte na década de 1960. De lá para cá, o biribol se espalhou por um monte de estados e hoje existe até um campeonato brasileiro.
  
Detecção de corpos opacos por raio-x
Henrique Morize
O engenheiro da Escola Politécnica do Rio de Janeiro, Henrique Morize, pioneiro no uso do raio X no Brasil, inventou no início do século XX, um determinar a posição de um corpo opaco, situado no interior de um organismo. O processo foi por ele ulteriormente explicado em um atraente artigo que se publicou nos "Comptes-Rendus", da Academia de Ciências de Paris. O método foi particularmente útil no tratamento de feridos atingidos por balas e estilhaços de bombas durante a primeira guerra mundial.
  
Algodão Colorido
Eleusio Curvelo Freire (Embrapa)
A Cultivar de algodão BRS 200 é a primeira cultivar de algodão colorido na tonalidade marrom, lançada no Brasil. Adequada para exploração pelos agricultores familiares, no semi-árido nordestino.
  
Girasol de nove cores
Marcelo Fernandes Oliveira (Embrapa)
Eleita a flor do novo milênio, o girassol está ganhando novas tonalidades com a ajuda da Embrapa. O melhoramento genético tradicional possibilitou o desenvolvimento de flores com nove tonalidades diferentes para o girassol. As novas variedades vão produzir flores vinho, rosa, rosa claro, rosa escuro, amarelo limão de centro claro, amarelo limão de centro escuro, mesclado, ferrugem e com forma de um raio de sol.
  
Papel Fotosensível
Conrad Wessel
Conrado Wessel era argentino de nascimento e brasileiro de adoção. Passou para a histórica como o inventor do papel fotossensível, patente que depois repassou à Kodak. Ele ganhou muito dinheiro vendendo seu papel fotográfico, registrado com a marca Jardim para fotógrafos lambe-lambe da Estação da Luz, no início do século.
  
Cinema 3D
Sebastião Comparato
Sebastião Comparato, um italiano chegado ao Brasil com seis meses de idade, inventou em 1934 o cinema 3D. Seu maior orgulho era atribuir a invenção ao nosso país. Dois anos depois, já com patentes internacionais, Sebastião fez suas apresentações no Rio. Dezessete anos após essa exibição carioca, no antigo cinema metrópole, a 3D é anunciada, com estardalhaço, como última novidade do cinema norte-americano. Sebastião Comparato amargurado fecha o seu laboratório e não quer mais ouvir falar de cinema.

Canhão Higgins
Arthur Higgins ·Em outubro de 1917, durante a Primeira Guerra Mundial, foi concedido ao Professor Arthur Higgins, brasileiro, uma patente sobre um canhão por ele aperfeiçoado para atacar aeroplanos e submarinos. A lei em vigor ainda era a do Império, de 1882. O próprio presidente da República, na época, Delfim Moreira, era a autoridade concedente.
  
Sonar detector de Submarinos
Marcelo Damy de Souza Santos
O físico Marcelo Damy foi chamado pela Marinha brasileira para trabalhar no desenvolvimento do sonar que passaria a equipar os navios mercantes brasileiros na Segunda Guerra Mundial. Depois de ter desenvolvido uma técnica especial para orientar cristais de lâminas e cilindros de material ferro magnético, passou a demonstrar as vantagens de se construirem osciladores ultrasônicos a magnetostricção mediante o emprego de cristais ferromagnéticos pré-orientados. Com esta contribuição, particularmente do Departamento de Física, durante a guerra, a USP recebeu a medalha de Mérito Naval após ao fim da guerra.

Torpedo
André Rebouças
O engenheiro André Rebouças foi formado pela Escola Militar do Rio de Janeiro e combateu na guerra do Paraguai em 1864 no corpo de engenheiros. Projetou, durante a guerra, um dispositivo que lançado em baixo dágua, explodia ao atingir o casco de um navio. Mais tarde este dispositivo, aperfeiçoado viria a ser conhecido como torpedo. 

Jangada salva vidas
Joaquim Ribeiro da Costa (Marinha)
Joaquim Ribeiro da Costa foi almirante do Corpo de Engenheiros navais e chefiou a Diretoria de Maquinas. Foi inventor de seis modelos diferentes de máquinas, entre diversas outras invenções entre as quais o barco salva vidas e a jangada destinada a navios para passageiros, que foram contempladas em 1900 na Exposição de Paris com a medalha que prata que constituia o melhor prêmio a esse gênero de embarcações.
  
Motor à álcool
Urbano Ernesto Stumpf
O Prof.Urbano Ernesto Stumpf é gaúcho de Não-me-Toque -RS, tem atualmente 80 anos. É considerado o papa do Álcool, chefiava o Laboratório de Pesquisas de Motores do CTA - Centro de Tecnologia Aeroespacial de São José dos Campos. A sua empresa a PENTRA, foi encarregada em 1974 de desenvolver e adaptar os motores a álcool, que tanto sucesso alcançou naquela época. Seu pioneirismo nas pesquisas para uso do álcool como combustível ao primeiro motor movido a óleos vegetais, rendeu-lhe diversos prémios.

Ônibus biarticulados
(MarcoPolo) 
Quem criou este projeto foi Juarez Fioravanti, ex-engenheiro e responsável pelo Sistema de Transportes Urbanos da Volvo, que se aposentou no inicio de 2009. Conta que por volta de 1988 o sistema de transporte começou a ter problemas com o crescente volume de passageiros e que a criação de um veículo maior que os modelos articulados solucionariam este problema. “Fizemos um verdadeiro trabalho artesanal, pegamos dois chassis do articulado e com eles fizemos o protótipo do bi articulado”, revelou. Juarez conta ainda que os primeiros testes foram feitos durante as madrugadas curitibanas rodando pelas canaletas do Expresso.
         Depois de  serem flagrados pela Urbs, pela Polícia e a imprensa durante um dos testes noturnos (entre 1 e 3 da manhã próximos ao terminal do Campina do Siqueira) e depois  de toda aprovada  a mecânica do Chassi, a Marcopolo, confeccionou, de forma experimental, a carroceria do veículo.
A MarcoPolo foi uma das pioneiras em articulados e biarticulados (juntamente com a Ciferal) e também detém o pioneirismo do Double Decker. Hoje, com uma linha diversificada, que cobre praticamente todos os tipos de ônibus, a empresa exporta para vários países, tanto unidades montadas quanto CKDs (unidades desmontadas). Fornece ainda o know-how da montagem para as empresas estrangeiras que importam seus CKDs.

Suspensão hidráulica
Carlos André Cosac
O estudante de Engenharia Mecânica Carlos André Cosac, 23 anos, colocou seus conhecimentos em prática, juntou sucata, fabricou peças e equipou seu Chevette ano 85 com a suspensão que desenvolveu. O projeto de Carlos André pode parecer familiar. O sistema hidractive, que ficou famoso com o Citroën Xantia e que hoje equipa o C5, funciona de maneira semelhante à suspensão do aluno de engenharia mecânica.
  
Câmbio Hidramático (Automático)
Fernando Iehly de Lemos e José Braz Araripe
Dois brasileiros inventaram no início da década de 30 um novo sistema de transmissão para automóveis tendo por fim a substituição da caixa de mudança de velocidade do diferencial, da embreagem, do eixo de transmissão e do freio de atrito de lona. O sistema patenteado nos EUA, foi negociado com a General Motors, que em 1939 o lançou como o câmbio hidramático.


Sandália Havaianas · São Paulo Alpargatas
Tudo leva a crer que foi a Zori, sandália japonesa, a fonte de inspiração para a criação das sandálias Havaianas em 14 de junho de 1962. Mas a versão nacional trazia um diferencial: eram feitas de borracha. Um produto natural, 100% nacional e que garantia calçados duráveis e confortáveis.
  
Barbeador de lâmina dupla
Elia Garcea
Coube a King Camp Gillette a invenção do barbeador em forma de T, com lâminas descartáveis em 1895. No início um fracasso, mas já em 1926 as lâminas era uma invenção consagrada no mundo. Em 1971 a Gillette lança a versão em duas lâminas: o Track II. Mas antes desta data, em 1967, um brasileiro chamado Elia Garcea, apresentava junto ao INPI um depósito de patente (BR 192269) propondo um sistema de barbear também baseado em lâminas duplas. O pedido contudo foi arquivado não tendo sido concedida a carta-patente.
  
Painel eletrônico
Carlos Lamboglia
placa portátil luminosa de dupla face para uso na substituição de jogadores. Uma invenção prática e bastante útil em jogos, eliminando a necessidade de manipulação de múltiplas placas de madeira.

Lavagem de carros a seco
Lúcio Edno Pereira (DryCar)
O químico Lúcio Pereira inventou em 1990 um produto para lavagem de carros sem um único pingo de água. Com um emprego modesto no setor de tintas da Autolatina, Lúcio teve a inspiração em 1987 quando o síndico de se prédio o multou por lavar seu Karmann Ghia na garagem. Pereira ficou proibida de molhar o chão da garagem. Um de seus primeiros clientes foi o próprio síndico.
  
Disposição em Spaghetti de piscina
Adriano Luiz Carneiro Sabino
Velejando, foi assim que Adriano Sabino descobriu o produto que se tornaria carrochefe de sua loja de brinquedos The Toy Power. Mais conhecido como spaghetti de piscina o produto é, na verdade, feito de espuma de polietileno, material usado para encher os espaços vazios de um barco.

Reciclagem de cartuchos de impressora
Luciano Piquet da Cruz
A Paraí Informática oferece ao mercado uma linha de máquinas remanufaturadoras de cartuchos de improssoras de jato de tinta, que recebu o prêmio FINEP Inovação Tecnológica 2000. O método ao contrário do tradicional, utiliza enchimento a vácuo. O vácuo cria uma pressão negativa dentro do cartucho de tal forma que nunca ocorre o vazamento.

Sinalizador de vaga em garagens
Francisco Roldan
O empresário Francisco Roldan vivia sofrendo na hora de encontrar uma vaga nos concorridos estacionamentos. Um dia, quase adormecendo, enquanto esperava uma vaga, teve uma idéia. E assim nasceu o sinalizador de garagem. A invenção virou um produto e também um negócio.
  
Manequim de loja- Patente nº 219/1885
Francisco Martins Torres
Quem passasse pela frenética rua do Ouvidor no Rio de Janeiro, naqueles tempos seria tomado de encantamento pelos manequins expositores de formas rígidas e roliços criados por Francisco Martins, em 1885. Até então as roupas eram expostas nas vitrines em manequins de pano que tinham que ser aprumados de tempos em tempos pelos vendedores. Sem cabeça e sem pernas, apiados numa haste de madeira, os manequins de Francisco eram fiéis ao modelo de beleza feminina da época, com cinturas finas e quadris largos.
  
Janela guilhotina
Rodolfo Ahrons
Sistema aperfeiçoado de janelas corrediças e contrapeso, denominada guilhotina. Patente concedida em 1906. Tinha por objetivo facilitar a limpeza e a ventilação.
  
Máquina de passar roupa por vapor
Célia Jáber de Oliveira
Nos tempos de aeromoça, Célia conta que para passar suas roupas, a cada quarto de hotel, ela ligava a água quente do chuveiro. Porta fechada, roupas penduradas e, meia-hora depois, roupas muito bem passadas pelo vapor do ambiente. "Fui pensando em reproduzir este sistema que dá certo para um equipamento que pudesse ser transformado num eletrodoméstico", conta a inventora.

Prego Líquido
Wang Shu chen (Adespec)
Prego Líquido é um adesivo à base de resinas sintéticas de alta performance destinado ao uso profissional e doméstico. Foi especialmente desenvolvido para "pregar" diversos materiais sobre alvenaria, tais como mosaicos, madeiras, plásticos, laminados, quadros com molduras de vinil ou metal de quadros, molduras decorativas de poliestireno e poliuretano.

Frescobol
Lian Pontes de Carvalho
O Frescobol é um esporte tipicamente praiano, criado no Rio de Janeiro no século 20. Dois jogadores ou mais. É também comum sua prática em locais públicos. O Frescobol foi inventado no Brasil entre 1945 e 1946, no bairro de Copacabana, cidade do Rio de Janeiro, após o término da II Guerra Mundial.

Catupiry
Mário e Isaíra Silvestrine
Sinônimo de qualidade, comprovado por várias gerações, o requeijão Catupiry foi criado, em 1911, por Mário Silvestrine, na estância hidromineral de Lambari, em Minas Gerais. Catupiry, que significa "excelente" em tupi-guarani, recebeu, recentemente, mais um título a consagracão pública de sua inigualável qualidade, através do reconhecimento oficial de sua marca notória, pelo INPI.

Brigadeiro
O brigadeiro foi criado no Brasil logo depois da Segunda Guerra Mundial, quando era difícil conseguir leite fresco, ovos, amêndoas e açúcar. Batizaram o doce homenageando o brigadeiro Eduardo Gomes, político e candidato à Presidência.  

Se você tem uma boa ideia então conheça primeiro como registrar seu invento e ganhar dinheiro com isto, vá ao site: 
http://www.inventores.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...