Os índios na Rio+20

Pataxó

Os índios, proveninentes de vários países da América, Ásia e África, estão hospedados desde terça-feira no Rio de Janeiro onde vão elaborar um documento com várias reivindicações que será entregue à ONU nos próximos dias

Kayapo

Em paralelo com os debates, as tribos cumprem uma intensa agenda de desportos tradicionais, atividades culturais e espirituais.


Um dos rituais protagonizados por um membro da tribo Kayapo.


Um Kayapo fuma um cachimbo de um índio Sioux, uma das tribos americana convidada.


Uma das imposições destes nativos será o direito ao território e ao seu significado cultural.

Bororo



Xavante

Um índio xavante carrega um tronco de 150 kg numa competição entre tribos, os Jogos Verdes, um acontecimento que decorre em paralelo com a Cimeira Rio+20, no Rio de Janeiro.

Terena

Os índios terena erguem a bandeira do brasil durante um desafio. Os Jogos Verdes realizam-se na aldeia indígena Kari-Oca, em Jacarepagua, no Rio de Janeiro.

Guarani Kaiowa

A aldeia ocupa uma área de floresta virgem numa zona montanhosa a cerca de cinco quilómetros do local da realização da conferência mundial.


Uma das primeiras oposições dos índios foi à "economia verde", com medo que esta provoque a "privatização da floresta".

Raoni

O local transformou-se numa montra da diversidade e da riqueza das culturas indígenas, sobretudo brasileiras. Na foto, a chefe da tribo Raoni.


Uma delegação se deslocou à sede da Conferência mundial para entregar o documento aprovados pelas tribos.

Fotos by AFP

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...