10 Carreiras de nível superior com maior expansão de vagas no Brasil (2009-12)

Entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012, foram criados 304.317 postos de trabalho de jornada integral para profissionais de nível superior no Brasil. O dado consta do estudo Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, divulgado nesta quarta-feira pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A carreira de analista de TI (tecnologia da informação) foi a que registrou maior expansão no período, com a criação de 49.535 vagas.

Segundo o estudo, cinco áreas responderam por mais de 40% dos postos de trabalho de nível superior criados no país. Na prática, a cada cem novos empregos, 40 eram destinados aos seguintes profissionais: analistas de TI, enfermeiros, profissionais de relações públicas e publicitários, secretários executivos e farmacêuticos.

Em números absolutos, os estados que mais criaram vagas para esses cinco profissionais foram São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O Rio de Janeiro integra o grupo em quatro dos cinco casos: ficou abaixo dos demais apenas na criação de oportunidades para secretários executivos.

O Ipea analisou ainda a criação de vagas frente à população dos estados. O levantamento mostra que profissionais de TI são requisitados principalmente nos estados da região Sul e em São Paulo. Já os enfermeiros têm mais oportunidades no Acre, Bahia, Espírito Santo, Sergipe e Tocantins.

Os dados foram extraídos do dados Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. Os valores foram atualizados para preços de dezembro de 2012, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Dessa forma, excluiu-se o efeito da inflação no período.

1º lugar - Análise de TI

Entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012, foram criados 49.535 postos de trabalho para analistas de tecnologia da informação (TI). Ou seja, a cada cem novas vagas de nível superior, 16 surgiram nessa área.

2º lugar - Enfermagem

A segunda carreira de nível superior cujo número de vagas registrou maior crescimento foi a de enfermagem: nove em cada cem novos postos de jornada integral apareceram nesse setor, totalizando 27.282 novos empregos.

3º lugar - Relações públicas, publicidade, mercado e negócios

Na terceira colocação, aparecem relações públicas, publicidade, mercado e negócios: juntas, elas somaram 20.853 novos postos de trabalho.

4º lugar - Secretariado Executivo

Foram criadas 14.017 vagas na área. Proporcionalmente ao número de habitantes, os estados que mais empregaram foram Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Roraima.

5º lugar - Farmácia

Farmacêuticos preencheram 13.897 novos postos de trabalho no país. As maiores concentrações relativas foram verificadas nos estados de Amazonas, Acre, Rondônia e Piauí.

6º lugar - Administração

Em sexto lugar, aparecem os administradores, que ocuparam 11.469 novos postos de trabalho.

7º lugar - Engenharia Civil

A área respondeu por 11.371 novos postos de trabalho entre janeiro de 2009 e dezembro de 2012.

8º lugar - Recursos Humanos

Profissionais de recursos humanos também se destacaram no ranking, com a criação de 8.536 vagas.

9º lugar - Advocacia

Logo atrás dos profissionais de recursos humanos estão os advogados, que preencheram 8.414 vagas.

10º lugar - Magistério (1ª a 4ª série do ensino fundamental)

Outros 7.672 novos postos de trabalho para profissionais de nível superior foram destinados a professores do ensino fundamental, especificamente os que lecionam de 1ª a 4ª série (2º ao 5º ano).

Fonte: Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, do Ipea 
Através de: veja.abril.com.br

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...